Art Beauty Center

Teste genético

Você sabe o que é?.

Você já ouviu falar em idade biológica? Esse conceito vem sendo cada vez mais difundido na medicina, pois, diferente da idade cronológica, através dessa informação revelada por teste genético é possível pensar em tratamentos individualizados com o objetivo de melhorar a qualidade de vida de cada paciente.

O que surpreende muitas pessoas é o fato de que, nem sempre, a idade cronológica corresponde à biológica, ou seja, aos anos tradicionalmente contados a partir da data de nascimento. Isso significa dizer que, caso a primeira seja maior, o envelhecimento celular pode estar mais precoce ou acelerado do que o esperado pela quantidade de anos indicada pelo calendário. 

Quando se fala em longevidade, envelhecimento ativo e qualidade de vida, o teste genético tem muito a somar. A partir dele, é possível descobrir a idade biológica de um paciente e, assim, verificar se essa informação está condizente com a sua data de nascimento. Caso não esteja, o médico poderá indicar tratamentos e novos hábitos para desacelerar o envelhecimento e proporcionar mais qualidade de vida.

Como é feito o teste genético?

medicine-scientist-using-computer-while-holding-test-tube.jpg

O teste genético corresponde a um exame de sangue simples de ser feito. O TechGen, como é chamado, não requer grandes preparos, nem mesmo jejum. Com seu resultado e a devida avaliação dos telômeros do indivíduo, é possível verificar a sincronicidade entre as suas idades e traçar um plano eficiente voltado à sua saúde e bem-estar. 

Os telômeros são considerados a chave para entender o envelhecimento humano. Eles estão presentes nas extremidades dos cromossomos, como uma espécie de capa protetora. O seu encurtamento é um processo natural da vida, que ocorre com a passagem dos anos. No entanto, ele também se relaciona aos hábitos de vida e sofre influência deles, o que chamamos de epigenética.

No teste genético, a qualidade dos telômeros e a sua extensão são avaliadas a partir do estudo dos cromossomos. Com isso, além da idade biológica, é possível identificar predisposições a doenças relacionadas ao envelhecimento, como o diabetes. Isso permite iniciar um tratamento de prevenção que envolve diferentes especialidades médicas. 

No Art Beauty Center, a médica nutróloga Marcella Garcez (CRMPR 12559/CREMESP 223145/RQE 16019) é a responsável pela Academia da Longevidade, um conceito exclusivo que tem como objetivo melhorar a expectativa de vida com saúde e prevenir as disfunções associadas ao envelhecimento do paciente, a partir de um acompanhamento multidisciplinar e individualizado. “A Academia da Longevidade é um instituto de pesquisa, ensino e terapêuticas clínicas e preventivas voltadas ao entendimento da longevidade e do envelhecimento. Através dos estudos, podemos não só prevenir algumas doenças, como também proporcionar um envelhecimento saudável e ativo aos nossos pacientes”, explica a médica.

O trabalho da Dra. Marcella inicia com avaliação clínica, exames complementares e o teste genético que avalia os telômeros, a fim de identificar as características do indivíduo, determinar a sua idade biológica e, com ela, desenvolver um planejamento voltado às necessidades de cada metabolismo. Assim, é possível melhorar a qualidade de vida e proporcionar um envelhecer com mais saúde.

 

O que causa o envelhecimento das células?

family-generation-green-eyes-genetics-concept.jpg

Como falamos anteriormente, o envelhecimento das células é esperado e inexorável no ciclo da vida. Com o passar dos anos, o desgaste dos telômeros ocorre de forma natural com a multiplicação e reposição celular. No entanto, o que não é esperado é que o seu envelhecimento ou desgaste ocorra de forma acelerada ou precoce. Embora existam fatores genéticos que contribuam para isso, um aspecto que tem grande influência sobre a qualidade dos telômeros é o estilo de vida.

Os hábitos da rotina influenciam diretamente na qualidade dos telômeros. Um hábito alimentar desequilibrado, baseado na ingestão de alimentos hipercalóricos com baixa concentração de nutrientes, além do sedentarismo, má qualidade do sono, estresse, consumo excessivo de bebidas alcoólicas e tabagismo, aceleram ou desencadeiam o envelhecimento precoce. Por motivos como esses, a idade biológica do indivíduo pode ser muito superior à cronológica. Em algumas situações, essa diferença pode corresponder a décadas. 

De acordo com Elizabeth Blackburn, bióloga americana e ganhadora do Prêmio Nobel de Medicina de 2009, a alimentação, a atividade física, a saúde mental e até mesmo o nível das relações sociais de um indivíduo estão intrinsicamente relacionados à extensão dos telômeros. Ou seja, não basta somente cuidar da alimentação e praticar exercícios físicos regularmente. Os cuidados devem ir além e dizem respeito às questões emocionais, como o estresse, a ansiedade e a depressão.

Para retardar o envelhecimento celular e conquistar mais qualidade de vida, a mudança de hábitos é o primeiro passo. Por isso, o tratamento integrado é a melhor escolha. É preciso olhar para o indivíduo de forma global, a fim de traçar o melhor caminho em prol da sua saúde. A boa notícia é que, mesmo após um resultado indesejado no teste genético, com mudanças na rotina e acompanhamento profissional pode-se reverter a situação.

 

Para saber mais sobre o teste de telômeros e como está a sua idade biológica, agende a sua consulta na Academia da longevidade do Art Beauty Center.

Fale conosco!

Envie uma mensagem e responderemos o mais rápido possível.

Venha Conhecer
São Paulo
Uberaba